Comitê de Tecnologia e Inovação

Destinado a identificar, analisar e propor medidas para acesso a novas tecnologias e inovação de processos, produtos e serviços das micro e pequenas empresas.

 

Coordenadores de Governo:

Titular: Paulo Renato Parreira – SETI - paulo.parreira@seti.pr.gov.br - 41-3281-7312

Suplente: Gilberto Passos Lima – TECPAR - glima@tecpar.br - 41-3316-3193

Coordenadores da Iniciativa Privada:

Titular: Marcos Pupo Thiesen – FIEP - marcos.thiesen@sistemafiep.org.br - 41-3271-9033

Suplente: Rafael Calil Trevisan – FIEP - rafael.trevisan@sistemafiep.org.br 41-3271-9338

Consultor do SEBRAE/PR:

Weliton Perdomo - wperdomo@pr.sebrae.com.br - 41-99109-8893

 

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

TÍTULO ORIGINAL - Criar comitês regionais para potencializar a participação de vários atores chaves que auxiliem na disseminação da ciência tecnologia e inovação

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Status em 28/07/2020
    Comentários de Paulo Parreira (SETI) sobre ter um único modelo de termo de acordo de cooperação entre Universidades e Institutos de Ciência e Tecnologia, que facilitasse a integração entre esses órgãos e as empresas. A conclusão é que não é possível ter um único modelo, pois cada uma das Universidades Estaduais, Privadas e Federais tem modelos de relacionamento jurídico diferentes. Então a ideia é criar um protótipo de rede estadual de ciência e tecnologia, para minimamente integrar as sete Universidades Estaduais, conectando-as à rede e criando um modelo de acordo de cooperação entre elas.
    Com o protótipo em funcionamento, aí sim, extrapolaríamos para as Universidades Federais e Privadas e que ao final do ciclo tenhamos uma Rede de Ciência e Tecnologia, com as competências de cada Universidade bem definidas, para que as empresas busquem os serviços dentro do Estado e não fora, como acontece e que os integrantes da Rede atendam também de forma mais rápida, pois atualmente somos muito lentos no atendimento às empresas. O trâmite, em algumas Universidades, é de 6 a 8 meses para firmar a parceria com as empresas. Foram realizadas reuniões com os coordenadores dos Núcleos de Inovação Tecnológica das Universidades Estaduais, para apresentar o modelo piloto. Valdemar Bernardo Jorge diz que deveria ter uma plataforma para mapear facilmente os atores, considerando o Governo, a Academia e o Setor Produtivo e que as pesquisas, os pesquisadores deveriam estar vinculados com as vocações regionais. Deve ser divulgado para as empresas via Sebrae.
     
  • Status anteriores - ver Atas das Reuniões Plenárias do período 2017-2020
     

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Status em 13/9/2018:
    Foi submetida à enquete no evento de 12 e 13/9/18 na questão: 2. Estabelecer políticas públicas convergentes para inovação. Não passou na enquete.
     
  • Status 2017-2018:
    Criar mecanismos para que Fopeme, Parque Tecnológico Virtual - PTV, Separtec e outros Fóruns, que tratam de inovação, atuarem de forma integrada para que as políticas de inovação estejam sintonizadas e em consonância com as necessidades estabelecidas.

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Status em 13/9/2018:
    Foi submetida à enquete no evento de 12 e 13/9/18 na questão: 3. Implantar um sistema paranaense de inovação. Não passou na enquete.

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Status em 13/9/2018:
    Foi submetida à enquete no evento de 12 e 13/9/18 na questão: 5. Criar incentivo para a geração de energias renováveis alternativas. Não Passou na enquete.
     
  • Status 2017-2018:
    Foi criado Grupo de Trabalho (Figueiredo) com a participação de representantes das Secretarias da Agricultura e do Abastecimento – SEAB, da Fazenda – SEFA, da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior – SETI, do Instituto Ambiental do Paraná – IAP e da Companhia Paranaense de Energia – COPEL. implementação de ações do Programa de energias renováveis.
     
  • Em janeiro de 2018 entrou em vigor o Decreto nº 8673, que modificou o Decreto nº 11671 de 2014, que criou o Programa Paranaense de Energias Renováveis. Este novo decreto transfere a coordenação do Programa a Secretaria de Planejamento, com autorização de criação de Grupo de Trabalho composto pelos Secretários de Planejamento, Agricultura, Fazenda e Ciência e Teconologia, bem como Copel e IAP, destinado à implantação e execução do Programa. Os projetos com, ou sem incentivo passarão pelos subgrupos do Programa, por exemplo biogás, biomassa, eólica, etc.
    A coordenação do Programa passou a TECPAR de acordo com Decreto 10202 de 22/6/2018.

 

 

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Status em 19/11/2019 – Entrega: Comentários de Marcos Thiesen sobre a entrega da Plataforma, disponibilizada em planilha Excel, com mapeamento de todos os Institutos de Ciência e Tecnologia do Paraná, Incubadoras, Aceleradoras, Startups, por localidade.
    No entanto, há necessidade de criar uma Plataforma mais robusta, prevendo manutenção, e disponibilizar as informações dos Pesquisadores, por linha de pesquisa, por Instituição. Atualmente, em razão dos APL estarem em desuso, as vocações por município são apresentadas por meio dos setores portadores de futuro, contendo tendências para cada região do Estado.
    Valdemar Bernardo Jorge sugere que o grupo deveria trabalhar para transformar o Paraná no celeiro de inovação, no nosso “Vale do Silício”, estimular as novas empresas a se estabelecerem no Paraná, mostrando que temos ferramentas efetivas para que elas se desenvolvam. Atualmente o Governo investe R$ 2,5 bilhões nas sete Universidades Estaduais e temos excelentes alunos que deveriam ser retidos nos seus locais para atuar em pesquisas de inovação. Novas tecnologias podem ajudar a qualidade da aula dada, por exemplo, jogos de crianças que possuem toda uma lógica para que ela possa se desenvolver ao longo do jogo; criar um ambiente favorável para que os pequenos negócios possam se desenvolver e melhorar o comércio e a prestação de serviços nos seus municípios. A Celepar pode ajudar a desenvolver a ideia e construir a plataforma.
  • Status anteriores - ver Atas das Reuniões Plenárias do período 2017-2020

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

TÍTULO ORIGINAL - Aperfeiçoar o marco legal da lei de inovação para o Estado

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Status em 28/07/2020:
    Gilberto Lima (TECPAR) fez a entrega, comentando:
    • Muitas Instituições que compõem o FOPEME já oferecem essas capacitações, por exemplo o SENAI, SEBRAE;
    • Fizemos uma pesquisa de programas junto às Instituições, tanto as que fazem parte do FOPEME, como outras nacionais, por exemplo, o Programa Inovativo, financiado pelo Ministério de Ciência e Tecnologia, que já oferecem cursos de capacitação em assuntos relacionados a tecnologia e inovação;
    • A próxima etapa é publicar a relação dessas instituições no portal do FOPEME;
    • No Portal, deixar uma abertura, para caso o empresário não encontre a capacitação desejada, que ele registre a sua solicitação, para que as Entidades envolvidas possam orientá-lo na solução.

 

  • Status anteriores, consultar as Atas das Reuniões Plenárias de 2019-2020.

 

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Solução dada pelo Estado: Enviado Ofício 262/17 a Sebrae onde o Secretário Juraci solicita ao SEBRAE, responsável efetiva pela demanda, que elabore folder contendo informações pertinentes ao processo de Inovação, visando a desmistificação da inovação junto a entes públicos e privados, anexando os links das cartilhas já existentes no SEBRAE e Parceiros, para o fortalecimento das microempresas e empresas de pequeno porte, de fundamental importância para a economia paranaense, especialmente pelo fato de serem as grandes geradoras de emprego e renda.

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Solução dada pelo Estado: Em 20/4/2018 foi sancionada a Lei nº 19480 referente ao Fundo de Inovação. No mesmo ano, em 21/10/2018 a referida lei foi regulamentada pelo Decreto nº 11461.

ÓRGÃO / ENTIDADE PROPONENTE:
Comitês Territoriais do FOPEME e Comitês Municipais
CARTA PARANÁ 2017

JUSTIFICATIVA:
Reduzir os gargalos nos processos públicos

OBJETIVO GERAL:
Possibilidade de facilitar o surgimento e manutenção de negócios no Paraná e gerar garantias favoráveis ao empreendedorismo.

RESULTADOS ESPERADOS PARA AS MPE:
Melhoria do ambiente de negócios com geração de emprego e renda

STATUS DA AÇÃO:

  • Solução dada pelo Estado: Em 20/4/2018 foi sancionada a Lei nº 19480 referente ao Fundo de Inovação. No mesmo ano, em 21/10/2018 a referida lei foi regulamentada pelo Decreto nº 11461.

 

 

FIEP – Federação das Indústrias do Estado do Paraná

SEBRAE/PR - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná

SETI – Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior

TECPAR – Instituto de Tecnologia do Estado do Paraná